Cine Cultural foi pro Brejo do Cruz

Brejo do Cruz recebe Cine Cultural

Zé Ramalho Diz Que, em Brejo do Cruz, Candeeiro É a Luz Que Ilumina Melhor. Por Três Dias, Nosso Projetor Virou Candeeiro.

A diretora de criação da Aliança Comunicação e Cultura idealizou um projeto de cinema que foi pro Brejo. Calma, calma. O Cine Cultural foi pro Brejo do Cruz. Exibições lindas diante de uma montanha de gente diante de outra montanha de rocha. Feito um filme dentro de outro filme. Na terra de Zé Ramalho, sem saber, Chico Buarque acertou. “A novidade que vem do Brejo da Cruz é a criançada se alimentar de luz.” Dessa vez, luz do bem. Daquela que ilumina o fundo da alma. Do fundo do coração. 5.600 corações. E a Pedra de Turmalina por testemunha.

Cine Cultural no Brejo da Cruz

Como ficaram bonitas as projeções incrustadas na pedra. Detalhe: em cidade natal de cantor importante, não podia faltar música. Antes de os filmes começarem, teve apresentação dos alunos da banda de música da Escola Teresinha Garcia Pereira. Mas os sons continuaram a ecoar pelas noites. Trilhas de filme, suspiros, gargalhadas, aplausos e o delicioso estalar dos 20 quilos de pipoca que distribuímos. Feitos na hora. Feito saltitam as ideias do ilustre Zé. Pena que ele não estava lá pra ver sua gente de frente pra pedra gigante e ao lado da Igreja Matriz.

Com as bênçãos da Lua e das estrelas, entendemos melhor as letras da canção de Zé Ramalho. Compreendemos bem direitinho que, em Brejo do Cruz, o nosso projetor será sempre luz de candeeiro.

Fotografias: Helder Ferrer

Para saber mais sobre o Cine Cultural, acesse Cine SESI

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *