Repense, reduza, recuse, reutilize, recicle. E se ainda achar pouco, repita pra todo mundo. Relix, Relix, Relix. Mas o que é Relix? Um trava-língua de erres? Não. Relix é um projeto inovador. Um conjunto de ações de educação, arte e tecnologia para a sustentabilidade. Com foco na redução da produção de lixo e na ampliação da coleta seletiva. Em sua primeira edição no Estado de Pernambuco, o Relix realizou 155 apresentações teatrais em escolas, indústrias e espaços púbicos. Conquistou 45 mil espectadores, em 23 cidades. Distribuiu 37 mil cartilhas educativas, com os conteúdos e personagens da peça, apoiadas por um manual de aplicação pedagógica. Lançou o aplicativo que localiza núcleos de catadores por GPS. Produziu 100 Ciclolix, bicicletas coletoras que substituem as carroças dos catadores. Doadas para 25 cooperativas de 20 municípios pernambucanos. Realizou a Expolix Catadoras. Uma exposição fotográfica inédita pedalou pelos parques do Recife, montada nas Ciclolix. Inspirada no projeto, uma releitura para valorizar o trabalho e a autoestima. As musas adoraram. Em dezembro de 2014, o Relix chegou ao final. Tudo bem. Para um projeto de reciclagem, todo fim é recomeço. E como feliz em latim é felix, a gente não poderia estar de outro jeito. Para saber mais, acesse www.projetorelix.com.br