Relix em Alagoas – Confira o balanço do projeto

 Relix Apresenta Balanço do Projeto em Alagoas - Aliança Comunicação e Cultura
Projeto Relix em Alagoas – Aliança Comunicação e Cultura

Antes de apresentarmos o balanço do Relix em Alagoas, lembramos que o mais importante é o balanço das ondas do mar, dos rios e das folhas das árvores.

Depois de estrear em Pernambuco no ano de 2014, a Aliança Comunicação e Cultura fez a segunda edição do Relix em Alagoas. As fotografias representam um pouco da passagem pelas terras gracilianas. E não é que as Vidas Secas ficaram menos secas? Entre novembro de 2016 e março de 2017, o projeto, também idealizado por nossa diretora de criação, trabalhou intensamente para conscientizar sobre a importância de prolongar a vida útil das coisas. Do papelão que embalou o fogão da casa. Do saco plástico que carregou as compras do mês. Da garrafa PET que esteve presente nas festinhas de aniversário. Da latinha de bebida nas noites de diversão. Do vidro rachado do pote que guardou o café servido. Por uma só causa: aumentar o tempo de vida do planeta. Papel demora 6 meses para ser decomposto. Saco plástico, 40 anos. Garrafa PET, 100. Alumínio, 400. Vidro pode até ficar para sempre no meio ambiente.

Como tornar Pernambuco e Alagoas mais leves diante dos 13 milhões de quilos de lixo produzidos diariamente nos dois estados?

Uma das possibilidades veio pedalando. Desde seu começo, o projeto Relix doou cento e trinta Ciclolix, ecobicicletas coletoras de resíduos sólidos, a cooperativas e associações de catadores. Realizou duzentas e oitenta e cinco apresentações do Espetaculix em indústrias, escolas, comunidades, na praia, nos parques e no teatro. Distribuiu setenta e três mil Quadrinholix, história ilustrada de forma divertida para propagar o conteúdo da peça teatral. Cinco mil trabalhadores foram diretamente impactados, motivados a trabalhar pela preciosa logística reversa: atitude da indústria de reaproveitar a matéria-prima já utilizada antes em vez de tirar novamente da natureza. Sessenta mil estudantes de colégios públicos e privados entenderam a importância de transformar lixo em resíduo sólido e reivindicar a ampliação da coleta seletiva.

Batuquelix, Aplicativolix, Expolix Catadoras

O Batuquelix, orquestra de tambores de baldes de lixo executada pelos músicos alagoanos do Magote de Cabriolé, surpreendeu em suas seis performances lindalix de ver e ouvir. Três exibições da Expolix Catadoras, duas pernambucanas e uma alagoana, foram montadas para fortalecer o empoderamento feminino das divas da sustentabilidade. Durante o processo, criamos e ampliamos o primeiro app que estimula a separação do lixo, ensina como fazer o descarte adequado e localiza cooperativas, associações e pontos de coleta mais próximos por GPS: o Aplicativolix em PE e AL.

Quinhentas publicações do Relixx

O catálogo produzido para reverenciar a força cromossômica feminina por uma vida sustentável, estão circulando entre o setor da indústria e instituições ligadas ao meio ambiente, à educação, à cultura, aos direitos humanos e à imprensa. Oitenta mil pernambucanos e alagoanos, de trinta e quatro municípios, jogaram fora tudo que pensavam sobre o lixo para enxergar o luxo da sustentabilidade.

De quase três anos pra cá, nosso balanço foi bem movimentado. Foi não. É! Porque, se normalmente as empresas fecham balanço, nós deixamos aberto. Ao que virá, aos novos hábitos, conceitos, conscientizações. Atitudes em evolução contínua. Um processo colaborativo onde todos e todas fazem parte. E que não acaba com o final do projeto. Pelo contrário. Acreditamos ser infinito. Para que as árvores, os mares e os rios possam viver em harmonia com as pessoas. Por muito mais tempo que um caco de vidro demora para desaparecer do planeta.

Confira o site do projeto Relix: www.projetorelix.com.br
Visite o projeto Relix no Facebook: facebook.com/projetorelix/

FICHA TÉCNICA DO RELIX EM ALAGOAS:
Idealização: Lina Rosa e Sérgio Xavier
Direção Geral: Lina Rosa

Diretor Executivo: Luiz Otávio Gomes Vieira da Silva
Direção de Produção: Luiz Antônio Silva e Flavio Perruci
Direção do Espetaculix: Osvaldo Gabrielli
Direção Musical: Beto Firmino
Atores: Bruno Caetano, Carlos de Niggro, Marcelo Callegaro, Mariza Francisca, Pedro Machitte e Tay Lopes
Mestre de Cerimônias: Pascoal da Conceição
Fotografias: Helder Ferrer
Participação Especial no Batuquelix: Magote de Cabriolé
Coordenação de Comunicação: Gabriela Carlos

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *